Arte & Cultura.

A poética da vida




Vem cá!
Vamos falar de poesia! Deixar um pouco a primazia em flores,
enaltecer os amores. Porque aonde fores,
o mundo sofre uma apatia, que em todo nascer do dia tenta criar raiz.
Tudo que mais condiz
é que as letras vigoram o horizonte,
poema que abre a fonte que faz as águas mais calmas,
Bálsamo que alivia as almas e torna os dias mais leves.

Vem cá!
Vamos falar de arte nas frases,
escrever poema em cartazes e fazer sorrir a tristeza.
A poesia é a beleza de quem se expressa versando,
dizendo bom dia rimando aos transeuntes do farol.
O poema é a luz do sol que ilumina o escuro dos becos, mel que molha os lábios secos e transpira um suor de esperança.
Seja velho ou criança,
das letras que trazem à lembrança um mundo mais musicado.

Vem!
Vamos expor o sorriso!  Dizer o que for preciso com base na gentileza,
já que da vida a maior certeza é que somos o que fazemos.
De tudo que dela perdemos,
fica sempre o aprendizado. Com o lirismo amalgamado cultivando o que é progressor e os lábios que pregam o amor,
são bem melhores lembrados.
Poemas que se gerados, com letra, acorde e canção, esbarram no coração e nos tornam mais felizes.

Vá, venha ou vamos!
Não importa qual direção! Seja em qualquer estação, oferte um bilhete poético, porque a vida é muito mais bonita com a força, a sensibilidade e o artesanato das palavras bem ditas e bem escritas, que mesmo quando estão aflitas,
enlaçam por nós as emoções soltas, lindamente envoltas num buquê de versos.

Izaqueu Nascimento

4 comentários:

Tecnologia do Blogger.